TEOLOGIA

PARA O DIA-A-DIA

28 de julho de 2016

17:30

Você conhece alguém que luta impetuosamente pelos seus direitos? E em meio a essa defesa esta pessoa sobe o tom de voz se ira e ainda diz que apenas está expressando seu ponto de vista? Talvez esta pessoa seja você mesmo. Se você fica irado por querer defender seus direitos saiba que esta ira é pecaminosa e se apresenta por motivação egocêntrica como a defesa de preferências, ou provar que o outro está errado querendo vencer uma “conversa”. Ao contrário dessa atitude um herdeiro do Rei Jesus tem uma atitude diferente, pois o mesmo não é iracundo, mas manso. A tradução da palavra usada nessa bem aventurança pode ser traduzida por humilde ou por mansidão.

Quem São os Mansos?
Mansos é mencionado por Mateus como uma alusão óbvia ao Salmo 37.11[1]. Em relação a esta alusão pode-se fazer a seguinte observação: note o paralelo entre o V. 11 e V. 9 deste salmo. O V. 11 diz: "Os mansos herdarão a terra." O V. 9b diz: "Aqueles que esperam no Senhor herdarão a terra." Assim os mansos são pessoas que esperam pelo Senhor. Mas o que significa esperar pelo Senhor? Tem-se uma imagem daqueles que esperam no Senhor se lermos os Vs 5-8[2]. Eles entregam o seu caminho ao Senhor e confiam nEle; eles são silenciosos ou ainda diante do Senhor não se preocupam sobre outros que prosperaram; eles se abstêm da raiva e abandonam a ira.

Ainda é importante ressaltar que ser manso é necessariamente ser altruísta, pois não lutam pelos seus direitos, mas os cede (Lc 6.29) demonstrando dependência de Deus, pois a fonte dessa mansidão é Cristo (Mt. 11.28, 29). Essa mansidão é um produto da auto humilhação diante de Deus. É a domesticação de um leão - e não a morte dele (Ef 4.26, Pv 25.28, Pv 16.32). A verdadeira mansidão/ humildade é poder sob controle. O manso não é dado à vingança e pode aceitar alegremente ao saque dos seus bens, porque ele sabe que tem "no céu bens melhores e duradouros" (Hb. 10.34).

Uma lição
Não viva um auto engano achando que você é manso mas que na verdade se esconde atrás de desculpas esfarrapadas como “estou me defendendo”. Logo, como você pode corrigir seu coração e ajudar alguém iracundo? Desenvolva a mansidão/ humildade. Como? Abra mão do seu direito. Aja e não reaja. Seja altruísta pensando primeiro nos outros e depois em você. Normalmente não agimos assim, mas o Senhor Jesus agiu (1Pe 21-25). Que tal começar agora em sua casa? Abra mão de seu direito e ceda-o ao seu irmão, ao seu cônjuge, ao seu pai ou a sua mãe este é um bom começo. Vemos lá?
___________________________________________________

1. KENT, Homer A. Comentário bíblico Moody V. 3. São Paulo – SP. Imprensa Batista Regular. 1987. p. 21.

2. V.5 Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e ele agirá. V.6 Ele trará sua defesa como a luz, e o teu direito como o meio-dia. V.7 Seja ainda antes do Senhor, e espera nele; não se desespere se sobre ele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios. V.8 Abster-se de raiva, ira e abandona! Não se desespere se, ela tende apenas para o mal.

por André Reis