Uma fé implicante

Uma fé implicante
26 de agosto de 2015

17:00


“A sua boca é muitíssimo suave; sim, ele é totalmente desejável. Tal é o meu amado, e tal o meu amigo, ó filhas de Jerusalém”.(Cânticos 5:16)



Como eu já escrevi no artigo anterior eu não acredito nessa coisa que existe a “pessoa certa”, mas você precisar ser a pessoa certa para alguém. Tendo isso em mente, você já parou pra pensar que talvez o grande amor da sua vida já esteja do seu lado? Salomão quando escreveu esse “musical”, em cantares, para sua amada Sulamita ele a chama de “sua amiga”. Então cuidado com quem você coloca na FriendZone.





A amizade, em todos os sentidos, é algo que exige tempo, energia, emoção e às vezes investimento financeiro (se bem que a gente se vira de bolso vazio). Essas são também características que devem estar presente no namoro. Pare um pouco e avalie se essa pessoa do seu lado se enquadra nessas características a seguir:

Afinidade: O seu ou a sua amada precisará ter algumas afinidades com você. Estas afinidades devem ser vivenciadas primeiramente na fé, ambos precisam compartilhar a mesma fé ou serão incompatíveis (2 Co 6:14). Também é importante observar proposito de vida e visão familiar, essas cosias precisam se encaixar ou serem ajustadas.

Maturidade: Em um relacionamento maduro compreende limitações. Além disso, seu futuro par precisa ser alguém que te aproxime de Deus, é fundamental que ambos estejam crescendo espiritualmente. (Ef 4.11-13)

Intimidade: Para um relacionamento, depois do amor, a comunicação é o ponto mais importante. Com o tempo, se vocês tiverem uma boa comunicação, saberão muita coisa da outra pessoa: o que ela mais gosta de fazer, seu filme favorito e tanta outras particularidades. Ou seja, para um futuro namoro saudável você conhecerá intimamente a outra pessoas, em seus diversos contextos.

Zelo: O zelo é fundamental para um relacionamento. Quando nos comprometemos com outra pessoa, precisamos cuidar e se importar com ela. Você precisa observar se a pessoa em questão é sensível as suas necessidades, e ser sensível as dela também.

Abnegação: No cuidado que temos com a outra pessoa, muitas vezes é necessário estar pronto a abrir mão em favor do outro. Por exemplo: abrir mão de assistir aquele jogo de futebol, ou aquele programa te TV para investir tempo com outra pessoa.

Dedicação: A dedicação é a manutenção necessária para que todos os pontos vistos acima sejam cumpridos. A pessoa que será seu(a) parceiro(a) sempre terá o cuidado de garantir que está fazendo tudo do jeito certo. 

Espaço: Muitas vezes uma pessoa quer impor suas vontades à outra pessoa, sufocando ou até mesmo querendo que ela assuma uma personalidade diferente de quem ela é. Concluindo, para um relacionamento saudável seu futuro(a) precisar amar você da forma que você é, sem esperar que você mude, a não ser rumo a imagem de Cristo.

No meu ponto de vista, a pessoa com que você deveria passar o resto da sua vida deve ser seu amigo mais próximo e intimo. Se pararmos para pensar Deus cria a mulher para que o homem não estivesse só. Então podemos imaginar que o primeiro laço de amizade humana na Bíblia aconteceu entre uma esposa e seu marido. E ai?! Conhece alguém que se encaixe na descrição?

Por Luizinho Andrade

Comente com o Facebook: